Dermolipectomia (braço e coxa)

 

Com grandes reduções de peso ou mesmo o passar do tempo, é natural que a pele dos braços e pernas perca a elasticidade. Quando o estiramento do tecido já atingiu o nível máximo, não há musculação que resolva: só mesmo a cirurgia plástica pode acabar com esse incômodo. A dermolipectomia remove o excesso de pele, proporcionando um contorno mais firme e natural.

 

 

Como é a cirurgia?

 

A cirurgia consiste na retirada de gordura e pele em excesso da área desejada (braços ou coxas). O procedimento pode ser realizado isoladamente, mas geralmente é associado à lipoaspiração, com melhores resultados e melhor contorno corporal.

 
No braço: Quando a flacidez é intensa, a incisão vai desde as axilas até uma área próxima ao cotovelo. Se a flacidez for pequena, a cicatriz fica apenas dentro das axilas.

 
Na coxa: Para cada caso, conforme o tipo de alteração presente na face interna das coxas, existe uma determinada técnica cirúrgica a ser escolhida. O lifting é realizado através de incisões cujos tamanhos variam e que se localizam no sulco da virilha.

 

Indicações

 

A dermolipectomia é melhor realizada em adultos de qualquer idade que têm boa saúde, estão próximos do peso ideal para sua estrutura corporal e altura. É importante que os pacientes que estejam acima do peso emagreçam antes da operação. Fumantes são aconselhados a abandonar o cigarro pelo menos três semanas antes da cirurgia.

 

Resultados

 

O resultado definitivo da dermolipectomia de coxas e braços é atingido após 6 meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.